segunda-feira, 1 de junho de 2009

Ainda bem que não sou jornalista...

Crianças, eu bem que vinha aqui contar do meu fim de semana...Mas diante da noticia que me acordou hoje, aproximadamente as 07 da manhã, desse sumiço do voô Francês me sinto emocinal e psicologicamente impossibilitada...

Coloco o título desse post como "Ainda bem que não sou jornalista", porque mesmo diante da nossa "Liberdade de expressão" eu penso que se eu falasse tudo o que eu penso e tenho vontade, eu seria presa! E podem ter certeza, se eu fosse jornalista ninguém iria me segurar...

Curiosidade ou não, no governo FHC houve apenas um acidente aéreo até onde sei, o da Tam, em 96...E neste governo atual, confirmando-se esse (Deus queira que não!), será o terceiro...

Pois é...Prefiro realmente não dizer o que eu penso!

Mas, desta vez, a coisa parece ser mais séria não só pelo numero de pessoas a bordo, mas também pela "importância" delas a sociedade...Sem contar a quantia de nacionalidades diferentes a bordo...

Como disse o Vice-Presidente, que é uma pessoa incrível numa entrevista coletiva:
"Para Deus, nada é impossível. Pode ser que esse avião tenha pousado em algum lugar, mas nós não temos essa informação."

Deus queira que ele esteja certo, porque se ele estiver errado, é muita palhaçada...03 acidentes, tão próximos um ao outro,em solo Brasileiro.

Outra hora eu volto, conto da festa, posto as fotos e a vida volta ao normal...

Espero ainda viver para ver o dia em que alguém terá coragem de fazer algo que mude essas situações, como eram corajosas as pessoas na época da Ditadura...

Claro que se foi mesmo uma pane elétrica, a história é outra, mas nem por isso meu pensamento muda...

Até breve.

4 comentários:

Aline disse...

Nossa Xará,verdade
to boladona com essa história.Bizarra,agora os aviãoes simplesmente desaparecem nesse país ¬¬


;**

Dri Viaro disse...

Só Deus pra confortar o coração dos familiares né
bjs

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Tô chocada com essa história cat, imagine os familiares né? O que podemos fazer nessa hora é rezar...
Bjobjo

Cida do Patrocinio disse...

Allyne querida, por isso que voce tem que deixar eu completar minha missão e trabalhar na area de Justiça.O que falta nessei Pais, é coragem.O Brasil filha é o melhor Pais para se viver, porém as pessoas hoje são totalmente materialistas.Podemos presenciar ja vários acidentes aereos aqui no Brasil, se via a pura falta de sentimento das pessoas.No caso da TAM em Congonhas, as pessoas brigavam para voar por cima dos corpos em chamas lá em baixo.O governo atual cortou mesmo as verbas da aviação, e dessa forma cortou tambem a segurança.Dessa vez, lametávelmente o acidente ocorreu em solo ainda do Brasil.Eu vejo tudo isso, como negligência de ambas as partes.Hoje impera algo chamado DINHEIRO.
Por ele Allyne, tudo é possivell.Inclusive o que me faz pensar antes de embarcarmos num avião aqui no Brasil.A propina.Por quaisquer meros R$ 500,00 é possivel alguem no aeroporto colocar uma bomba, algo que derrube uma Aeronave.Eu continuo bregamente com a tese de onde tem politicos, muitas pessoas importantes, o risco é maior.Nesse vôo
tinha muita gente importante, nosso político do Rio de Janeiro.Isso me preocupa.Aqui no Brasil muita gente é comprável.Se esquecem de si próprios.Há a tese da tempestade sim.Nada é mais potente que a Natureza quando se revolta.Os aviões são potentes, a prova de tudo.Porém sei brega de novo, não são mais potentes que Deus e Seus designios, pensamentos.As companhias aereas Allyne, assim como tudo aqui em baixo tambem, creia não estão preocupadas com pessoas.E, sim com quanto podem lucrar com elas.O seguro de uma aeronave é valioso, grandioso.Hoje temos uma tecnologia capaz de anunciar tragédias em vários locais.Por que então isso não e visto impedindo assim de sair um vôo?
Não vou acreditar na incapacidade do Piloto.
Ainda mais sendo desse País.Creio em tres possibilidades, Aenorave sucateada, como já estava a da TAM, e atualmente os pilotos parecem que nao tem mais voz de comando em se recusar a viajar com um avião com problemas.Creio friamente na possibilidade de uma bomba plantada.E acredito tambem na força da Tempestade.Convivi com várias grandes autoridade no assunto, e eles não duvidavam das tempestades.Porem hoje duvida-se de tudo.Concordo com voce em não ser jornalista.Mas se fosse, não seria presa jamais.Pois sou certa que algum grupo com sangue antigo, desejo de acerto se juntaria a
voce.Allyne, eu cresci e me desenvolvi numa epoca em que se pensava nas gerações futuras, as pessoas tinham corajem para honrar seus nomes e assim de suas gerações.
Com certeza nosso governo não vai continuar não.Temos pessoas mais bem vistas que ele.
Porem creia, que a aviação é um problema a ser visto de baixo para cima.A começar de nós mesmos, se recusando a voar.Será que alguem quer pagar o preço de exigir a esse ponto?
Como as greves brasileiras,claro que não.Uma empresa faz greve e um tonto vai trabalhar para não perder o SALARO MINMO!!!
Absurdo.Ninguem quer parar para reparar.Essa é a verdade.Sou a favor de que avião é para quem pode viajar.Hoje se vai aos Estados Unidos com menos de R$2.000,00
Ainda bem que o lindo e glamuroso Obama manda de volta para casa.Afinal para passar fome passa aqui mesmo no Brasil.Allyne, o que falta na verdade é um freio nesse VIVER INTENSAMENTE ENTENDE?
Todos querem viver intensamente.E isso tem trazido graves consequencias.Filha parabens por ser posicionada como voce é.E. vamos aguardar um pouco para voar no Brasil.E sempre rogar a Deus por todos que amamos e tambem pelos que nem conhecemos.São nossos irmãos.Parabens por tudo.Amo voce
E fique tranquila que Lulinha Paiz e Amour num vai ficai com noi não no Bazil.kkkkkkkkkkkkk
Ele vai mai Ugo Chaivis.kkkkkkkkkkkkkkkk
Super beijo.